Num momento de muitas dúvidas e, afogada em pensamentos sobre tantos acontecimentos inesperados ao meu redor,  busquei na consulta astrológica, caminhos em que eu não tropeçasse e nem caísse em abismos. Parece exagero, mas era como eu me sentia. Qual boa e agradável surpresa foi escutar o universo explicando a minha natureza e me mostrando com transparência tudo que estava acontecendo! Dando-me a chance de resolver pelo melhor.  Descobri que toda a “tragédia” que eu estava vivendo era na verdade uma super oportunidade de entender que sempre é tempo para ser feliz, sempre é tempo de buscar e encontrar e que quando tudo parece perdido e acabado é porque tudo pode  estar recomeçando – para melhor.  A consulta astrológica foi como colocar as lentes certas para uma visão correta, sem embaços e sem fantasmas. Foi sair do preto e branco para o colorido, do mono para o stereo, dolby surround!! Fiquei pasma também na outra consulta da sinastria (comparação de mapas) com a sincronicidade entre minhas filhas e eu! Sutilezas que passariam desapercebidas, agora estão sendo usadas como ferramentas de crescimento familiar. O que seria motivo para brigas, discussões e caras emburradas passou a ser o ponto central de atenção, brotando conversas  mais profundas e atenções mais delicadas.  Todo este entendimento trouxe mais paciência e tolerância com a vida. Harmonia e humildade nos dão a certeza de que neste mundo uma folha não cai de uma árvore à toa: no mínimo aduba o chão.  Tracei novas cartesianas quanto à educação de minhas filhas e quanto à minha realização profissional. E os efeitos estão sendo surpreendentes! A astrologia tirou o véu dos meus olhos e as pedras de meus sapatos!  Valeu Soraya!

Jaqueline

advogada

Fiz o meu mapa-astral em um período muito turbulento de minha vida. Existia muita dúvida, muita frustração, um sensação de derrota, uma tristeza inexplicável, dentre outros sentimentos desastrosos. Nada parecia ir muito bem para mim – e não ia mesmo.  Muitas opções de ajuda me passaram pela cabeça, a psicoterapia e a astrologia foram minhas melhores escolhas. Com a interpretação do meu mapa percebi como alguns acontecimentos foram, apesar de doloridos, necessários ao meu amadurecimento. Fiquei muito admirada com a assertividade dos acontecimentos e com a competência e sensibilidade da interpretação da Soraya Vidya. Descobri que os astros não são tão subjetivos como imaginava, na verdade o que o Universo nos reserva está em nós mesmos, bem aqui debaixo e acima do nosso nariz. Tudo em nós, ao nosso redor, o que fazemos, a forma que escolhemos viver, nos diz quem somos, quem fomos, talvez quem seremos e principalmente quem estamos sendo. Através do mapa tomei conhecimento dos processos do meu desenvolvimento, entendi melhor minhas particularidades, emoções, além dele ter sido muito esclarecedor quanto a fatos ocorridos em minha vida e até profético…

Ana Cristina

bancária e estudante de Artes Plásticas

error: Conteúdo protegido!!